Logo do Planeta Roxo, clube do livro digital da BilbboLogo do Planeta Roxo, clube do livro digital da Bilbbo

Clube do livro digital de ficção científica e terror.

Logo do Planeta Roxo, clube do livro digital da BilbboLogo do Planeta Roxo, clube do livro digital da Bilbbo

Clube do livro digital de ficção científica e terror.

Cyberpunk
Steampunk
Crônica
Terror
Fantasia
Suspense
Clássicos
Sci-Fi
Drama

Confira as leituras de

Setembro de 2020

Cometa Bilbbo

Clássico

Fabrício Corradini

Tradução
Baixar
Download indisponível

Uma borboleta no escuro

Conto
2018

Ricardo Ventura

Autor
Autora
Autor e Organizador
Autora e Organizadora
PDF
ePub
Download indisponível
Sobre

Os primeiros habitantes deste planeta

Em setembro conheceremos os primeiros habitantes do Planeta Roxo.

Mergulhe na loucura que habita nossas mentes em contos que brincam com o medo do desconhecido e realidades do nosso subconsciente

Baixe os eBooks
Lanterneiro

Tudo sobre os Originais e sobre o Resgate desse mês.

Fique por dentro dos bastidores do clube.

Em breve o Lanterneiro Exclusivo desses mês estará disponível aqui para você.
Conheça outros episódios
Lanterneiro Exclusivo
Setembro de 2020
0:00
0:00
Conteúdo

Muito mais conteúdo sobre o Planeta Roxo de

Setembro de 2020

Aqui na Bilbbo, o hub da literatura nacional.

#piadaruim
#autoresnacionais
#clubedolivro
#editorasindependentes
#ficçãocientífica
#terror
Leitura gratuita

Já leu tudo? Continue lendo nossas publicações gratuitas.

Todo mês disponibilizamos quatro contos gratuitos de gêneros variados. Comece lendo os deste mês.

Para ler agora
ver mais
Minis para ler agora
ver mais
Lançamento
Golpe
Terror

I.

A mãe da minha esposa tinha morrido há uma semana quando recebi a ligação no celular:
— Estamos com a sua sogra.
— Devem ser no Inferno, porque a desgraçada morreu!

II.

Desliguei o telefone, puto com aquilo. Já não bastasse incomodar com um golpe bobo como aquele de sequestro, ainda usava uma falecida?
Você vai se arrepender, veio um SMS logo depois. O finalzinho do número era 666. Ignorei aquilo, claro.

III.

Hoje, cinco anos depois que meu casamento acabou, ainda sou assombrado pelo fantasma da minha sogra. E, pelo que soube, não existe um até que a morte os separe para isso.

IV.

V.

Apolo
Romance

I.

Onde vc está?
Sé. Longe... Vc?
Ainda esperando o busão
Meodeos...
Que foi?
Tem um deus grego aqui
No seu vagão?

II.

Na minha frente
Com sua sorte, só pode ser Hefesto
Não! É Apolo
Certeza? Vc nunca foi boa em mitologia grega
Apolo em toda sua glória
Manda foto
Como?

III.

Finge que tá mexendo em alguma coisa e tira, ué. Discretamente
Tá.

30 minutos depois.

Alice? Ta aí? Td bem?
Vc me paga!
?

IV.

Disparou o flash, paguei o maior mico da minha vida
HSHUASHHAUHSUA
Vc ri? Fiquei com tanta vergonha que saí do metrô, entrei no que estava do outro lado da plataforma e me perdi. Agora estou num ônibus que passa perto de cas.. meodeos!
O que?

V.

Ta vindo pra cá

Apolo acabou de entrar no ônibus
Não!!!!

30 minutos depois.

Alice? Kd vc? O que tá acontecendo?
Conto depois. Não da pra tirar foto agora S2 S2

O Guarda
Steampunk

I.

As botas tamanho 45, pretas, estavam perfeitamente engraxadas. Simon calçou-as e saiu pela porta da frente da delegacia. Uma carroça a vapor espalhava terra seca e poeira pela rua. Um pouco da sujeira voou em direção as botinas, tão limpas e brilhantes, pronta para acabar com todo seu explendor.

II.

Simon respirou com pesar olhando para suas botas, agora com as pontas sujas de marrom, e se dirigiu para as celas, dando a volta por fora da delegacia, exibindo seu porte robusto enquanto andava. Teria vários prisioneiros para levar ao tribunal e seria bom se livrar deste trabalho o quanto antes se quisesse deixar suas botas brilhando de novo.

III.

IV.

V.