Logo do Planeta Roxo, clube do livro digital da BilbboLogo do Planeta Roxo, clube do livro digital da Bilbbo

Clube do livro digital de ficção científica e terror.

Logo do Planeta Roxo, clube do livro digital da BilbboLogo do Planeta Roxo, clube do livro digital da Bilbbo

Clube do livro digital de ficção científica e terror.

Steampunk
Aventura
Afrofuturismo
Cyberpunk
Crônica
Suspense
Sci-Fi
Fantasia
Terror

Confira as leituras de

Dezembro de 2020

O Caso Fylo Medusa

Clássico
Editora Diário Macabro.

Fabrício Corradini

Tradução
Baixar
Download indisponível
Sobre

Os habitantes do Planeta Roxo

O nosso clube do livro digital está macabro no mês de dezembro! Cuidado com cultos neste Natal e de aquele abraço no seu irmão de uma dimensão paralela com os dois contos exclusivos desse mês.

Baixe os eBooks
Lanterneiro

Tudo sobre os Originais e sobre o Resgate desse mês.

Fique por dentro dos bastidores do clube.

Em breve o Lanterneiro Exclusivo desses mês estará disponível aqui para você.
Conheça outros episódios
Lanterneiro Exclusivo
Dezembro de 2020
0:00
0:00
Conteúdo

Muito mais conteúdo sobre o Planeta Roxo de

Dezembro de 2020

Aqui na Bilbbo, o hub da literatura nacional.

#piadaruim
#autoresnacionais
#clubedolivro
#editorasindependentes
#ficçãocientífica
#terror
Leitura gratuita

Já leu tudo? Continue lendo nossas publicações gratuitas.

Todo mês disponibilizamos quatro contos gratuitos de gêneros variados. Comece lendo os deste mês.

Para ler agora
ver mais
Minis para ler agora
ver mais
Lançamento
Golpe
Terror

I.

A mãe da minha esposa tinha morrido há uma semana quando recebi a ligação no celular:
— Estamos com a sua sogra.
— Devem ser no Inferno, porque a desgraçada morreu!

II.

Desliguei o telefone, puto com aquilo. Já não bastasse incomodar com um golpe bobo como aquele de sequestro, ainda usava uma falecida?
Você vai se arrepender, veio um SMS logo depois. O finalzinho do número era 666. Ignorei aquilo, claro.

III.

Hoje, cinco anos depois que meu casamento acabou, ainda sou assombrado pelo fantasma da minha sogra. E, pelo que soube, não existe um até que a morte os separe para isso.

IV.

V.

Cordão
Drama

I.

O que foi filha?
Porquê está chorando?

Nada não mãe, é apenas minha TPM. Dessa vez esta bem complicada.

Termino a conversa e subo para meu quarto.
Não consigo parar de pensar.

II.

Era essa semana que iria dar a luz. Hoje completariam os 9 meses. Ele se chamaria Pedro.
Ironia não?! Ser o mesmo nome do açougueiro que tirou ele de mim.

III.

IV.

V.

O Encontro
Fantasia

I.

Bela Rosa era a mulher mais bonita da cidade, com cabelos brilhosos e olhos grandes e negros. Todos os homens pareciam querer corteja-la, mas ela, muito tímida, sempre os recusava.

II.

Foi uma surpresa, então, quando ela me chamou para tomar café na vendinha e depois passear pela cidade.

III.

Quando chegou a hora de dar adeus, ela me puxa e morda meus lábios. Sorrio feliz e me deixo levar pela sua voz doce, direto para o fundo do rio.

IV.

V.