Julieta

De repente eu estava ali, olhando a sacada onde Romeu e Julieta fizeram suas juras de amor. Vi diversas mulheres deixando suas cartas com intuito de alguma forma serem respondidas.

Sentei em um banco de pedra e acompanhei o vai e vem de pessoas durante todo o dia. Ao invés de escrever, resolvi pedir mentalmente o que eu gostaria.

Olhei pra sacada e comecei:

- Querida Julieta, nesses 40 anos tive muitas decepções, algumas tão leves que mal me recordo. Outras tão duras que me deixam sem chão.

- Hoje venho te pedir que mande meu amor. Não importa sua cor, credo, forma física ou intelectual, desde que seja ELE…

Antes que eu pudesse terminar meu pedido, senti uma mão pousando em meu ombro e quando eu olhei, eu sabia que era ele, pois era igual ao que aparecia em meus sonhos.