Equívoco

Um idoso entrou em uma livraria.

A vendedora solícita pergunta se pode ajudá-lo.

Ele falou:

- Preciso de uma revista que fale de câncer.

- Esta doença sempre sensibiliza, mesmo sabendo que o tratamento é possível.

Ela olhou com piedade para o pobre homem, e providenciou uma cadeira e um copo com água para tornar a espera mais confortável.

Após, folear todo o material da seção de saúde, desapontada, disse:

- Senhor, desculpa! Não tem nenhuma revista que fale sobre o câncer.

Decepcionado, ele se manifestou:

- Que pena! Sobre capricórnio, você teria alguma?

Ela, não contendo o espanto e risos, questionou:

- O senhor quer uma revista de signos do zodíaco?

Sem entender o motivo de tanta graça, feliz, ele leu o horóscopo do dia e saiu assoviando entre os dentes entreabertos uma melodia.