A Lua

Sempre gostei da noite, mais precisamente da lua. Eu não sei o que há na lua que me deixa vidrado. Ainda mais quando está cheia.

Minhas irmãs zombam, dizendo que ela me deixa atordoado. Muito pelo contrário; me sinto mais vivo do que nunca nesse período!

É como se houvesse um outro eu, um outro ser querendo despertar de um longo sono.

Às vezes penso: Será que é apenas muita imaginação ou apenas as mudanças de uma mente de treze anos?