Steampunk

Leia as obras deste gênero.

Mini Contos

Leia gratuitamente
+
De pequenos não possuem nada.
Steampunk
O Menino
mini conto
I.

O jovem Theodore estava brincando na rua, desviando de carroças a vapor e escutando os mais diversos gritos e broncas de seus condutores. Ria e se divertia com as reações de terceiros, que se assustavam ao ver a criança esguia brincando com o perigo.

II.

Theodore só parou quando viu Simon, o guarda, conduzindo uma carroça diferente, toda lacrada em seu compartimento de carga. Os rebites grossos e a janela pequena mostravam que, quem (ou o que) estivesse lá dentro, era mais perigoso do que qualquer brincadeira que ele poderia fazer.

III.
IV.
V.
Steampunk
O Guarda
mini conto
I.

As botas tamanho 45, pretas, estavam perfeitamente engraxadas. Simon calçou-as e saiu pela porta da frente da delegacia. Uma carroça a vapor espalhava terra seca e poeira pela rua. Um pouco da sujeira voou em direção as botinas, tão limpas e brilhantes, pronta para acabar com todo seu explendor.

II.

Simon respirou com pesar olhando para suas botas, agora com as pontas sujas de marrom, e se dirigiu para as celas, dando a volta por fora da delegacia, exibindo seu porte robusto enquanto andava. Teria vários prisioneiros para levar ao tribunal e seria bom se livrar deste trabalho o quanto antes se quisesse deixar suas botas brilhando de novo.

III.
IV.
V.
Steampunk
A Escrivã
mini conto
I.

Glória acordava cedo todas as manhãs. Era sempre uma das primeiras a chegar ao tribunal. Vestia seu belo vestido azul, de mangas longa com babados curtos em seus punhos.

II.

Olhou para a sala do tribunal, totalmente vazia. Limpou sua cadeira com as mão, sentou e estalou os dedos. Mal podia esperar por todos os discursos que iria transcrever hoje.

III.
IV.
V.