Sobre

Conheça todas as Conquistas oficias Bilbbo.

Às moscas
leia →
Conquistas
Às moscas
Áudio drama
Às moscas
0:00
0:00
Estamos preparando e revisando este conto, em breve o publicaremos aqui. :D

Ainda estão lá, as moscas...

Olhos fixos no teto, brancas nuvens na cabeça. Acorda assim, todo santo dia.

Calcula que sejam centenas, milhares talvez. Certeza de algum animal jazendo no

forro. Franze o nariz, decidido a resolver o problema naquele mesmo dia, antes ainda

que despencasse o negrume do ocaso. Também recolheria o lixo, tarefa da qual

se dedicara a bem desempenha-la muito antes de tudo acontecer. Não obstante sua

memória pareça encurtada a cada dia, os cuidados devidos com a própria imagem

seguem ordenadamente, se estendendo a tudo o que há em sua volta.

Sucedeu que os filhos, o gato, o cachorro, todos se foram. Ficaram os dois,

apenas por um tempo até ela cismar de querer o divórcio. Agora está só, preso à

rotina. Mas longe de remexer nas feridas, trazer mais dor. Importa-lhe tão-somente

o agora, lembranças o ferem, no corpo e na alma. Segue, assim, tentando se refazer...

Uma espreguiçada e vai logo tomar seu banho, o primeiro de muitos. Adquiriu

a mania depois do ocorrido. Quando finalmente se convence de não mais haver

nenhuma sujeirinha incrustada, ensaboa-se mais uma vez a fim de garantir que eventuais

odores exalem de seus poros.

Enquanto passa o café, aguarda ansioso aquela que religiosamente vem penetrar

em seus mandos. O pequeno inseto chega pela fresta improvisada no canto

esquerdo da janela. Esse é bem-vindo, diferente daquele outro, bicho dos infernos...

Despretensiosamente, ela invade o espaço, ora pairando sobre os aromas do café, ora

circundando sua cabeça. Ele parece gostar, e se permite à bisbilhotagem. Talvez queira

deixar pistas com a amiga abelhuda. Um registro ainda que vago de suas facetas,

capturadas pelas lentes e antenas precisas de uma miúda arapuá.

Momentos depois, na pequena sala de estar, ele tenta se distrair com um

punhado de jornais velhos, mas cai no enfado. Precisa urgentemente ser inundado

daquelas brancas nuvens... E se entrega à azáfama dos quefazeres. Ultimamente, os

cuidados da casa tem sido a abstração perfeita contra os venenos do ócio, inibindo

até o mais prosaico pensamento. Logo o cheiro de lavanda se espalha pelos cômodos,

disfarçando o pesado ar que antes pairava sobre a antiga mobília, tornando o

ambiente mais leve, aconchegante e convidativo. Pena que ninguém mais o visite.

Nesse momento ele se lembra dos amigos... Desapareceram, todos, um a um. Havia

tempos que nenhuma viva alma transitava por ali.

Ao meio dia, novamente ele se vê na cozinha, é hora de preparar o almoço.

Meticuloso, faz tudo bem feito. Sabe que precisa se manter ocupado, ou eles chegam...

A distração o mantém incólume, impedindo os pensamentos de tomarem

formas.

O silêncio fatídico das horas é quebrado apenas pelo ranger de alguma porta

ou janela mal fechada aos açoites do vento. Ainda, o relógio cuco na parede, carecendo

de reparo ou corda, seguido de uns tiques, vez ou outra solta um grunhido

assombrador.

Monótona e repetitiva, a tarde surge decrépita. É quando ele sente mais forte

o sumo da pestilência raspando-lhe a garganta. A solidão não dá trégua até leva-lo a

uma tristeza sem precedentes. Começa com uma apatia, por volta das três da tarde,

e atinge seu ápice às seis, com a aproximação tênue da escuridão. A causa de tudo,

ele pensa, são os pensamentos. Desconfia ainda, que sejam eles a atrair todas aquelas

moscas. Quem sabe não devesse tomar uma atitude. Quem sabe não devesse quebrar

a rotina, buscar uma solução. Quem sabe... Só assim o deixariam em paz.

Após o jantar, agora mais calmo, ele segue com suas ações protocolares. E se

banha. E se veste. E se deita, por fim, fitando o teto. Absolutamente certo de que o

veneno surtiria efeito, ele sorri cerrando os olhos. Amanhã, será outro dia.

Ainda está lá, às moscas...

Próximos contos

Próximos capítulos

Sobre

Conheça todas as Conquistas oficias Bilbbo.

A Subida
leia →
Conquistas
Sobre

Conheça todas as Conquistas oficias Bilbbo.

Postagem Anônima
leia →
Conquistas
Sobre

Conheça todas as Conquistas oficias Bilbbo.

Enigma de um dia
leia →
Conquistas
Sobre

Melhor representação da proposta Bilbbo: A Rua Ímpar e a Rua Par.

Conheça todas as Conquistas oficias Bilbbo.

Oguh
leia →
Conquistas
Par ou Ímpar
Ambiente de leitura
Light
Grey
Sepia
Dark
-T
Tamanho de Fonte
+T