O Dia da Toalha, a vida, o universo e tudo mais

Não entre em pânico e entenda tudo sobre o Dia da Toalha (e de quebra sobre o Dia do Orgulho Nerd)

Leitura
May 24, 2021
Começou, agora termina queride!
Douglas Adams, escritor e comediante britânico
Douglas Adams, escritor e comediante britânico

Hoje, no dia 25 de Maio, muito mais do que simplesmente o Dia do Orgulho Nerd, é celebrado o Dia da Toalha (mas eu sei que você, nerd de verdade, já sabia disso faz tempo), uma data que nos remete a vida, o universo e tudo mais.

Agora você leitor não tão nerd assim deve estar se perguntando, mas o que é o Dia da Toalha? Relaxa, não é o dia em que esse artefato utilizado levianamente por terráqueos mal informados apenas para retirar o excesso de água da superfície de seus corpos foi criado. Muito menos o dia em que as toalhas entram em uma liquidação maluca em lojas de departamento.

A toalha pode salvar sua vida e é o artefato mais importante para um mochileiro das galáxias! E para entender todos esses porquês, eu poderia te responder com "42" que tudo estaria solucionado, mas vou ser legal e te explicar tim tim por tim tim sobre essa data.

Quem foi Douglas Adams e o que é o Guia do Mochileiro das Galáxias?

Adams foi um autor britânico, que com sua genialidade e humor peculiar revolucionou a ficção científica com a sua obra O Guia do Mochileiro das Galáxias. Adams se formou em literatura pela Universidade de Cambridge e trabalhava em um programa de rádio, falando sobre ficção científica. Um mochileiro nato, desbravou diversas partes da Europa e talvez seja daí que veio a ideia de criar o Guia. Mas se você acha que o Guia foi lançado em forma de livro, você está enganado.

Douglas Adams, escritor e comediante britânico

Em 1978, Douglas Adams levou sua obra como um audio-drama, veiculado na BBC Radio 4. Somente 1 ano depois o primeiro volume da "trilogia de cinco" seria publicado.

Mas o que essa obra tem de tão revolucionária? Acontece que na década de 70, obras de sci-fi eram puramente dramáticas, e Douglas Adams resolveu mesclar esse gênero que possibilita diversas maluquices com humor. Para entender o nível das piadas de sua obra, Adams foi o primeiro roteirista que não integrava o sexteto criador de Monty Python a escrever uma esquete para Monty Python’s Flying Circus.

"Trilogia de Cinco", o Guia do Mochileiro das Galáxias

Com piadas envolvendo golfinhos, supercomputadores, robôs paranoicos e deprimidos, peixes babel, baleias e poesia Vogon, o Guia promete arrancar boas risadas e vários "UÉ" de seus leitores.

E foi com esse humor que O Guia do Mochileiro das Galáxias conquistou diversos fãs pelo mundo. A obra ainda influenciou diversas criações como a música Paranoid Android do Radiohead e algumas temporadas de Doctor Who (inclusive, a premissa do 3º livro da 'trilogia de cinco", intitulado A Vida, O Universo e Tudo Mais foi usado para o roteiro de um episódio da série que nunca foi ao ar).

Mas o que uma toalha tem a ver com tudo isso?

Não entre em pânico! Como é citado no próprio Guia do Mochileiro das Galáxias:

O Guia do Mochileiro das Galáxias faz algumas afirmações a respeito das toalhas.Segundo ele, a toalha é um dos objetos mais úteis para um mochileiro interestelar. Em parte devido ao seu valor prático: você pode usar a toalha como agasalho quando atravessar as frias luas de Beta de Jagla; pode deitar-se sobre ela nas reluzentes praias de areia marmórea de Santragino V, respirando os inebriantes vapores marítimos; você pode dormir debaixo dela sob as estrelas que brilham avermelhadas no mundo desértico de Kakrafoon; pode usá-la como vela para descer numa mini jangada as águas lentas e pesadas do rio Moth; pode umedecê-la e utilizá-la para lutar em um combate corpo a corpo; enrolá-la em torno da cabeça para proteger-se de emanações tóxicas ou para evitar o olhar da Terrível Besta Voraz de Traal (um animal estonteantemente burro, que acha que, se você não pode vê-lo, ele também não pode ver você -estúpido feito uma anta, mas muito, muito voraz); você pode agitar a toalha em situações de emergência para pedir socorro; e naturalmente pode usá-la para enxugar-se com ela se ainda estiver razoavelmente limpa.

Porém o mais importante é o imenso valor psicológico da toalha. Por algum motivo, quando um estrito (isto é, um não-mochileiro) descobre que um mochileiro tem uma toalha, ele automaticamente conclui que ele tem também escova de dentes, esponja, sabonete, lata de biscoitos, garrafinha de aguardente, bússola, mapa, barbante, repelente, capa de chuva, traje espacial, etc, etc. Além disso, o estrito terá prazer em emprestar ao mochileiro qualquer um desses objetos, ou muitos outros, que o mochileiro por acaso tenha “acidentalmente perdido”. O que o estrito vai pensar é que, se um sujeito é capaz de rodar por toda a Galáxia, acampar, pedir carona, lutar contra terríveis obstáculos, dar a volta por cima e ainda assim saber onde está sua toalha, esse sujeito claramente merece respeito.

A Toalha é um item importantíssimo para qualquer mochileiro que se preze, e foi por conta desse trecho transcrito da obra que o dia 25 de Maio é conhecido como o Dia da Toalha.

Mas o que tem a ver o dia 25 de Maio?

Se você é um celebrador do Dia do Orgulho Nerd, você sabe que no dia 25 de Maio de 1977 ocorreu a estreia do filme Star Wars, uma Nova Esperança, o que justifica totalmente a escolha da data para a celebração (seriam os anos 70 a era de ouro da ficção científica para os nerds?).

Mas e quanto ao Dia da Toalha? Se você está pensando que essa é a data de nascimento de Douglas Adams, você está extremamente errado, já que ele nasceu em 11 de março de 1952. Agora se você pensou na data de sua morte, você também está errado. Adams faleceu no dia 11 de maio de 2001. Então o que o dia 25 de Maio tem a ver com o Guia do Mochileiro das Galáxias ou Douglas Adams?

A resposta é: Nada.

Acontece que quando Douglas Adams faleceu, a comunidade resolveu organizar um dia para celebrar toda a obra criada por ele. De inicio, os organizadores sugeriram algo que tivesse ligação com o número 42, outra referência importantíssima na obra de Adams.

Pensaram em celebrar no 42º dia do ano, na 42º sexta-feira do ano entre outras possibilidades. Foi quando decidiram por 42 dias após a data de morte de Douglas Adams, sendo escolhido o dia 22 de junho. Acontece que os organizadores ficaram com muito receio de, por conta da data distante, a celebração acabar sendo um desastre. Então moveram ela para a data mais próxima, o dia 25 de Maio.

Faz algum sentido com o Guia do Mochileiro? Não poderia ser uma data melhor! Segundo os organizadores, “como o universo que Douglas Adams criou era repleto de absurdos e acasos, essa talvez tenha sido a escolha certa, no fim das contas”.

E pronto, agora você pode celebrar o Dia da Toalha com todas as respostas do universo e sem pânico algum.

Até mais, e obrigado pelos peixes!

Sobre o Viralume

O Viralume é a frente de conteúdo sobre o mercado literário independente da Bilbbo. Aqui você viaja entre dimensões sem precisar de uma arma de portais.