Como temos visto em tempos de Game of Thrones, obras literárias muitas vezes acabam fugindo a mão do escritor quando caem nas mãos de grandes produtoras e um medo muito grande vem pairando sob os fãs de ficção e fantasia, que anseiam ver suas obras favoritas adaptadas as telonas ou telinhas.

Algumas séries tomam apenas licença poética e ambientação de suas respectivas obras literárias e acabam trazendo novas abordagens para uma realidade que tantos leitores são apaixonados. Este, com certeza é o caso da série Lúcifer (derivado das HQs), salva do cancelamento pela Netflix, que voltou ao ar dia 8 de maio e a série de Senhor dos Anéis da Amazon Prime, prometida para 2021.

Mas muitos medos pairam com séries que seguem este caminho. Principalmente quando falamos de grandes obras literárias como As crônicas de Gelo e Fogo ou Senhor dos Anéis. Christopher Tolkien afirmou que não supervisionará a série da Amazon, o que deixou muitos fãs preocupados, e o próprio George R R Martin disse que está chateado com o rumo que a série derivada de seus livros, Game of Thrones, está tomando para seu desfecho no dia 19 de maio.

Photo by Lacie Slezak on Unsplash

Mas uma coisa é fato. Adaptações que contam com a mão do autor na produção costumam nos satisfazer e dificilmente acabam por se perder na própria trama (J K Rolling e Animais Fantásticos, ainda confiamos em vocês).

Torcemos por ver mais produções como American Gods, que tem uma adaptação impecável da obra, além de atualizar seu enredopara os dias atuais, (fato que arrancou elogios do próprio Neil Gaiman à produção) e estamos ansiosos por Belas Maldições, que conta com Gaiman como produtor da série.

Cemitério Maldito também promete ser um filme muito fiel a obra homonima de Stephen King, apesar de sua versão anterior de 1989 com seu tema musical composto pelo Ramones (que nós adoramos!) ter o próprio autor como roteirista.

Photo by Myke Simon on Unsplash

Mas um grande fato é, caso você, autor, queira adaptar a sua obra para outra mídia de modo a impactar novos fãs de suas criações, busque equipes que respeitem a sua obra e que tenham um carinho por ela tanto quanto você tem. É seu “filho”, mas garantimos que existem pessoas que estão super dispostas a cuidar dele com cuidado.

Esse é o caso de nós da Bilbbo, que estamos ansiosos por termos novos contos sensacionais para adaptarmos ao formato de audio-drama em Os Espelhos do Circus Capella e outras antologias que estão por vir.

Ficou interessado? Então clique aqui e se increva ainda hoje! Você pode ter o seu conto adaptado para um audio-drama exclusivo Bilbbo.