Joaquim Maria Machado de Assis

A trajetória e vida de Machado de Assis

Autores
May 4, 2021
Começou, agora termina queride!

Nascido sob o nome de Joaquim Maria Machado de Assis, no Morro do Livramento, em Rio de Janeiro, a 21 de junho de 1839, filho de um descendente de escravo alforriado e uma portuguesa, Machado de Assis é considerado por muitos críticos ao redor do mundo como o maior escritor negro de todos os tempos.

O que lhe faz merecer este título, é o fato de que Machado de Assis se aventurou em praticamente todos os gêneros literários, produzindo obras que reúnem em: duzentos contos, dez romances, dez peças teatrais, cinco coletâneas de sonetos e poemas, e mais de seiscentas crônicas.

Foi Machado de Assis que, juntamente com um círculo de amigos intelectuais de sua época, fundou a Academia Brasileira de Letras, ocupando ele mesmo o cargo de seu primeiro Presidente.

Sua famosa obra, Memórias Póstumas de Brás Cubas (1881), foi a precursora do Realismo no Brasil, dando início a uma nova era na literatura.

O que surpreende em sua formação, é que Machado de Assis pouco frequentou a escola e nunca iniciou a universidade, possuindo um ensino formal quase inexistente. Mesmo assim, alfabetizando-se e obtendo domínio na arte da escrita e em outras áreas do conhecimento, assumiu em sua vida diversos cargos públicos, até finalmente iniciar suas publicações literárias em jornais e em periódicos da época; textos estes que lhe angariaram grande fama, nacional e internacionalmente.

Machado de Assis certamente utilizou-se de pseudônimos e outros meios de esconder sua verdadeira identidade por conta de sua descendência negra, o que, durante e imediatamente após o Período Regencial do Brasil, poderia causar grande estranhamento, visto que as ideias escravocratas baseadas no racismo e superioridade branca faziam (e infelizmente ainda hoje, mais de um século e meio depois, ainda o fazem, mesmo que de forma velada) parte da visão social internalizada no país. Talvez seja esse preconceito implícito tenha feito que, em diversas gravuras retratando a imagem do autor, o tenham apresentado com cor e características levemente mais “branqueadas”, do que algumas outras imagens mais fieis demonstram como Machado de Assis era fisicamente.

Machado de Assis foi casado com Carolina Augusta por 35 anos, embora não houvessem tido nenhum filho, muito de seu devoto amor provou-se na grande quantidade de poemas e sonetos dedicados à esposa, e quando esta veio a falecer, com 70 anos de idade, Machado entrou em profunda depressão, o que aos poucos o conduziu a sua própria sepultura, ao lado da mulher, em 29 de setembro de 1908, num jazigo no Cemitério São João Baptista, no Rio de Janeiro.

Sobre o Viralume

O Viralume é a frente de conteúdo sobre o mercado literário independente da Bilbbo. Aqui você viaja entre dimensões sem precisar de uma arma de portais.