Em meio a tantas e tantas influências vindas do exterior, é facil se deixar levar e acabar seguindo referências de outras terras. Porém, estamos em uma terra incrível, com uma cultura rica. Uma panela que comporta uma mistura caótica: A cultura e lendas indigenas, os mitos trazidos pelos imigrantes que foram adaptadas de alguma forma (principalmente no interior) e as lendas urbanas, sejam elas mais antigas, vindas da época dos jornais sensacionalistas, ou mais recentes, advindas de nossa querida internet.

Como falamos em nosso Viralume #07 (clique aqui para ouvir), temos diversas histórias, lendas e mitos para tratar. Contos diferentes sobre as mesmas figuras, como o Corpo-Seco (que causa até mesmo brigas entre cidades para ver quem é o detentor da lenda!), ou versões adaptadas dos classícos do terror como o Lobisomem, permeiam nossa cultura e trazem uma gama enorme de referências para você, escritor.

Claro que isso não é simples. Muitas dessas histórias estão apenas no boca-a-boca, ou estão presentes apenas em uma localidade e não se espalham. Outras parecem vindas de um filme de ficção (como o famoso caso do E.T. de Varginha) e nos causam confusão quanto ao seu uso, afinal, tratando-se de internet, nosso maior medo é virar algum tipo de meme por uma história dessas, como foram os casos do E.T. Bilu e do Chupa-c* de Goianinha.

From Slite.com
Caipora por Roma Gewska

Para desvendar os mistérios de nossos mitos, a melhor coisa é fazer muita pesquisa. Se você puder, vale a pena visitar algumas cidades folclóricas e conhecer as lendas que permeiam aquele local. Agora, se você tem medo do Homem do Saco e prefere fazer a sua pesquisa de casa, aqui vão algumas dicas de sites, podcasts e contas de instagram para aprender um pouco mais sobre toda essa mistura:

Mundo Freak

Folclorando

Viralume - Folclore e as Histórias que meu avô me contava

Artbook Lendas

E claro, depois de pesquisar e se encher de referências, é hora de escrever!

Nossa antologia "Sabença dos Homens Comuns" está com as inscrições abertas. Os envios dos contos estarão disponíveis até dia 21 de Outubro.

Até a próxima 👋