Logo do Planeta Roxo, clube do livro digital da BilbboLogo do Planeta Roxo, clube do livro digital da Bilbbo

Clube do livro digital de ficção científica e terror.

Entre no clube
Logo do Planeta Roxo, clube do livro digital da BilbboLogo do Planeta Roxo, clube do livro digital da Bilbbo

Clube do livro digital de ficção científica e terror.

Entre no clube

Resgate de Clássicos

Os mais diversos contos de Ficção Universal, alguns publicados pela primeira vez no Brasil.

Conheça
+

Contos Originais

Dois contos de Autores Nacionais Independentes todos os meses para os tripulantes.

Conheça
+

Podcast literário

Um episódio extra do Lanterneiro, o Podcast da Bilbbo, com os autores do mês.

Ouça agora
+
Uma comunidade literária para você falar com autores nacionais e descobrir novas leituras.

Comunidade Aberta

Acesse o nosso servidor no Discord e converse com autores, leitores e com o time Bilbbo.

Participe agora
Cyberpunk
Steampunk
Terror
Clássicos
Crônica
Drama
Suspense
Fantasia
Sci-Fi

Clube do livro digital, como assim?

Palma, palma, não priemos cânico! A gente te explica.

Todos os meses um clássico da literatura e dois contos originais.

Novos envios todos os meses

Todos os meses nós te encaminhamos dois contos originais Bilbbo e fazemos o resgate de um clássico da literatura.

Livros disponíveis para celular, kindle, tablet e computador em formato de ePub e PDF.

Disponível para qualquer aparelho

Criamos os nossos eBooks (ePub e PDF) para se adaptarem ao seu celular, tablet ou Kindle.

E tudo isso por apenas R$8 mensais

E se o Planeta Roxo não for pra você, cancele quando quiser.

Entre no clube
Clube do Livro

Você recebe a melhor experiência da literatura nacional & internacional

Vem fazer parte do Planeta Roxo, nosso clube do livro de terror e ficção científica. Dois contos originais e um clássico todos os meses.

01
Unindo o clássico ao contemporâneo
02
Conteúdo curado por um time incrível
03
Ebooks acessíveis para todo tipo de pessoa
04
Apoie a literatura nacional
Leitura gratuita

Nosso mimo para você que já amou a Bilbbo e quer ler nossas publicações.

Todo mês disponibilizamos quatro contos gratuitos de gêneros variados. Comece lendo os deste mês.

Para ler agora
ver mais
Minis para ler agora
ver mais
Lançamento
Equívoco

I.

Um idoso entrou em uma livraria.

A vendedora solícita pergunta se pode ajudá-lo.

Ele falou:

- Preciso de uma revista que fale de câncer.

II.

- Esta doença sempre sensibiliza, mesmo sabendo que o tratamento é possível.

Ela olhou com piedade para o pobre homem, e providenciou uma cadeira e um copo com água para tornar a espera mais confortável.

III.

Após, folear todo o material da seção de saúde, desapontada, disse:

- Senhor, desculpa! Não tem nenhuma revista que fale sobre o câncer.

IV.

Decepcionado, ele se manifestou:

- Que pena! Sobre capricórnio, você teria alguma?

Ela, não contendo o espanto e risos, questionou:

V.

- O senhor quer uma revista de signos do zodíaco?

Sem entender o motivo de tanta graça, feliz, ele leu o horóscopo do dia e saiu assoviando entre os dentes entreabertos uma melodia.

Conchas
Drama

I.

Entre a areia da praia e o horizonte, há um mundão d’água pra mergulhar.

Fico aqui sentada, desenhando coisas com um graveto, imaginando quando o mar vai apagar. Um coração, meu nome e o nome de alguém.

II.

Não importa mais; o mar apaga.
O mar leva e não volta mais.

Meus olhos se fixam onde a linha divisa o resto do mundo.

“Será que consigo nadar até lá...?
Seria um esforço inútil, já que sei que não vou te encontrar.”

III.

Pensando em tudo e em nada, nem noto que a tarde chega e a noite cai.

Um vento frio me envolve e percebo que é a solidão quem me abraça, calma, mas com mãos enormes.

IV.

Um arrepio me eriça os pelos e não tenho mais medo - te reconheço.

Um gosto de lágrima me chega aos lábios, engulo em seco, e me despeço de ti.

V.

A Carta

I.

Meu caro irmão, lhe escrevo esta carta para relatar o que me aconteceu na antiga casa de nossos falecidos pais. Lembra-se que nosso Pai detestava ter que adentrar nosso porão, e constantemente reclamava do local estar sempre inundado?

II.

Resolvi verificar o local hoje de manhã, quando notei que pequenos camundongos estavam subindo as escadas do porão e surgindo ensopados na cozinha.

Abri a porta e só pude escutar o barulho de algo se movendo por sobre a água. A coisa deslizava, e quando me notou lá parado na entrada do porão, parou de se mover por alguns instantes, e de supetão se jogou na escada de madeira.

III.

Não consigo descrever o que vi, apenas sai de lá correndo, deixando tudo que tinha naquela casa amaldiçoada. Estou abrigado na igreja perto de casa, e peço que você não cometa o mesmo erro que eu e visite a casa de nossos pais. Só sairei daqui quando souber que o local foi posto ao chão.

IV.

V.

Literatura
Conteúdo
Independente
Nacional

Viralume, o hub da literatura nacional

Aqui tem muito conteúdo criado pelo time Bilbbo e pela nossa comunidade independente.

Quem já esteve no Podcast
Ouça no Lanterneiro
ver mais
#piadaruim
#autoresnacionais
#clubedolivro
#fantasia
#editorasindependentes
#elenão
#ficçãocientífica
#terror